Manutenção de Carro Elétrico: como funciona e custos

Foto de pessoa fazendo manutenção de carro elétrico.

Carros que usam a eletricidade para sua locomoção já existem desde 1888, na Alemanha. Porém, apenas atualmente, com as evoluções tecnológicas, é que os carros elétricos voltaram a ser considerados uma alternativa ecológica e sustentável para a mobilidade. Para muitas pessoas o uso dos veículos elétricos ainda é uma novidade, por isso surgem dúvidas como: qual é a forma correta de fazer a manutenção de carro elétrico ou qual a vida útil do motor? Especialmente no Brasil, onde a adesão aos carros elétricos ainda está em fase inicial, é importante compreender que o uso de veículos mais eficientes e menos poluentes veio para ficar. Assim, tanto o mercado quanto os próprios consumidores precisam aprender mais sobre essa nova alternativa de transporte. Na parte mecânica, os carros elétricos funcionam de modo mais simples se comparados aos motores de carro a combustão. São praticamente quatro componentes: bateria, inversor, motor elétrico e sistema de recuperação de energia. Com eles, é possível ter diversos tipos de veículos elétricos. Nesse sentido, a composição influencia diretamente na manutenção do carro elétrico. Afinal, por conterem menos peças quando comparados a um carro convencional, a manutenção pode ser mais barata: o que compensa um investimento inicial mais alto quando se fala em carros elétricos. Neste artigo vamos tratar sobre os principais pontos relacionados à manutenção de carro elétrico: como funciona, custos e cuidados para observar no momento da manutenção. Continue a leitura e tire todas as suas dúvidas! Como funciona a manutenção de carro elétrico? Assim como qualquer veículo adquirido, as montadoras sugerem que os proprietários de veículos elétricos sigam uma série de verificações e serviços regulares para manter sua garantia. Isso se resume a várias inspeções mecânicas. Dessa forma, você precisará verificar a pressão dos pneus, bem com seu desgaste, substituir o filtro de ar condicionado, verificar e substituir as palhetas do limpador de para-brisa e completar seu o fluido, quando necessário. Todos esses serviços simples podem ser executados por um técnico treinado em sua concessionária local. Por que a manutenção de carros elétricos é mais barata? Embora os veículos elétricos ainda sejam mais caros do que os seus similares a combustão, eles geralmente são mais baratos para manter, uma vez que os custos de manutenção são mais baixos. Isso porque os elétricos dispensam diversos componentes que normalmente exigiriam manutenção periódica. Um proprietário de veículo elétrico não precisa pagar por elementos como ajustes, trocas de óleo do motor, sistema de carburação, manutenção da transmissão e substituição do filtro de ar, velas de ignição e correias de transmissão. A seguir, veremos em detalhes os principais motivos dos veículos elétricos necessitarem de menos manutenção que os veículos a combustão. Menor quantidade número de peças móveis É preciso levar em consideração que o veículo elétrico apresenta menos peças, se comparado a um carro a combustão, como por exemplo a ausência de correias, velas de ignição e mangueira de refrigeração, o que torna a manutenção de carros elétricos mais simples. Assim, peças tradicionais de carros a combustão, como radiador, sistemas de injeção, junta do cabeçote ou a caixa de marcha não estão presentes no carro elétrico, o que reduz custos de manutenção. No entanto, a manutenção de partes elétricas do carro, como o motor de tração ou bateria, ainda precisam ser verificadas e se não feita corretamente, pode provocar danos ao veículo, como por exemplo, sobrecarga elétrica ou sobreaquecimento da bateria.  Assim, embora a manutenção de carro elétrico seja mais simples, isso não quer dizer que é feita de modo descuidado. Por isso, é importante que o procedimento seja realizado por profissionais capacitados e especializados no assunto. Menor desgaste do sistema de frenagem Como os carros elétricos também são compostos de partes não eletrificadas, como é o caso do sistema de freios, a manutenção não difere daquela realizada em veículos movidos à combustão. Porém, além dos famosos freios a tambores ou pastilhas de freio, há o acionamento da frenagem regenerativa, que faz uso do motor como gerador para carregar a bateria, servindo como uma espécie de freio motor e, em seguida, entra em cena a frenagem padrão com as pastilhas de freio. Dessa forma, há menos carga no sistema de freio mecânico e dos pneus, preservando as peças e garantindo sua substituição com menos frequência. Transmissão simplificada Nos carros elétricos, a energia da bateria aciona o motor elétrico, que pos sua vez move as rodas por meio de uma transmissão simples de velocidade única. Quanto mais energia a bateria fornecer ao motor, mais força ele irá proporcionar às rodas. E isso sem precisar de um sistema de embreagem e câmbio manual. Dessa maneira, os danos causados pela transmissão tradicional e trocas de marchas são evitados. Inspeção feita em pontos padrão Cada modelo de carro prevê quais são os planos de manutenção, ao considerar a quantidade de quilômetros rodados. Assim, são inicialmente feitas inspeções, verificações e caso seja necessário, a troca de equipamentos, como filtros de ar condicionado. Qual o custo da manutenção? Os carros elétricos são atraentes não apenas pelas alternativas de sustentabilidade e inovação, mas pelos menores custos a longo prazo. Desse modo, é fundamental se distanciar do mito popular de que os carros elétricos não exigem manutenções regulares. Como há peças móveis, o carro elétrico exige, sim, manutenção. No entanto, em virtude da menor quantidade de itens, o valor da manutenção é mais econômico. Revisões periódicas de carros elétricos, em um período semestral, podem ter custo médio de R$250, enquanto os carros movidos à combustão apresentam valor médio de R$800. É importante salientar que cada modelo de carro apresenta um custo quando se trata de manutenção e revisão. Assim, o valor não é fixo. Por exemplo, no Brasil, a manutenção de um carro elétrico da marca Peugeot, modelo e-208 GT, custa R$2.103,00, enquanto a revisão do modelo 208 movido à combustão apresenta custo de R$4.828,00 a cada 60 mil quilômetros rodados. A seguir, confira os dois principais motivos que tornam a manutenção de carro elétrico mais barata:  Economia no longo prazo A manutenção de carro elétrico, se comparada